Notícia

Feedback

tags: feedback   

17/06/2015

O feedback constante reduz as possibilidades de atrito e a gestão de conflitos torna-se mais eficaz.


O feedback constante reduz as possibilidades de atrito e a gestão de conflitos torna-se mais eficaz. Os monges renascentistas faziam um exercício muito interessante. Eles se colocavam em círculo e treinavam a eficácia da comunicação através de uma repetição simples. Ao ouvirem a fala de outro colega, repetiam exatamente o que o colega havia dito, como se fosse um eco e um espelho. Assim que a fala tivesse sido repetida de forma idêntica, o monge daria sua opinião (feedback) a respeito. É um exercício simples, mas bastante eficaz. Treina as pessoas a ouvirem atentamente o outro, sem aumentar nem diminuir o conteúdo. 

A partir desse exercício você se dispõe atentamente a entrar em contato com as opiniões, os comentários e os sentimentos de outro ser humano. É a busca de uma intimidade que desvenda as verdades e os fantasmas de cada pessoa. Interagir com o outro para conhecer e se fazer conhecido. É a busca pela dignidade, pelo respeito, afeto e carinho que nos mantém saudáveis e com disponibilidade para aprender e trocar experiências. 

Todo relacionamento é uma construção que recebe tijolos em um alicerce bem fundamentado. A construção desse alicerce inicia-se  no processo de ouvir atentamente., e se mostrar interessado nos sentimentos e ideias compartilhados pelo outro.

 Ao ouvir atentamente a outra pessoa você se descobre compartilhando o universo que também é seu. As emoções tais como ressentimentos, 

foto: Marina Abramovic

rancores, facilidades e dificuldades dos outros também são similares as nossas. Ouvindo atentamente o outro eu me descubro como ser humano. Essa prática aprofunda  nossa maneira de nos ver , e amplia nossa capacidade de empatia. Empatia como sinônimo de colocar-se no lugar do outro. Olhar com os olhos do outro. Ter compaixão pelos sofrimentos e pelas alegrias de outra pessoa. É uma prática que vale a pena ser treinada e aperfeiçoada.

 

Autor: Paulo Antônio Alves de Almeida, M. Sc.

Baixar arquivo

Feedback Form
Feedback do usuário